Time de uma empresa em volta de uma mesa.

Endomarketing: A importância de engajar os colaboradores

Você já parou para pensar que o capital humano de uma empresa é o seu primeiro cliente? Sem uma oferta atrativa de trabalho, não há como conquistá-lo e mantê-lo. É justamente com esse objetivo que surge o endomarketing.

A estratégia visa fortalecer a cultura do negócio, tornando a relação entre empregadores e empregados satisfatória para ambos. Seus resultados podem contribuir com o sucesso — ou não — da organização. Se interessou pelo assunto? Continue a leitura e saiba mais!

O que é a estratégia de Endomarketing

Uma estratégia de endomarketing é fruto de um conjunto de ações que visam melhorar a marca empregadora, tornando o negócio mais atrativo para seus colaboradores. Como consequência, forma-se um time engajado com suas atividades e com a imagem da empresa.

Geralmente, a estratégia é uma operação da área de Pessoas. Isso porque é o RH que detém as informações valiosas com o capital humano, como perfil dos colaboradores, suas reinvindicações e resultados de eventuais pesquisas de satisfação interna.

Quais os seus benefícios

Pensando no público externo, a criação de estratégias de marketing é fundamental para vender o produto ou serviço da empresa e criar uma relação duradoura com esses clientes, promovendo a satisfação e sustentabilidade do negócio. Quando falamos em benefícios do endomarketing, a lógica é a mesma.

Toda organização precisa de um time forte, engajado e produtivo para se sustentar em um mercado tão competitivo. Competitividade essa que não se resume aos clientes, mas também impacta na contratação e retenção dos profissionais.

Quando não tem uma proposta atrativa, deixa de investir no desenvolvimento das pessoas e de atentes às suas demandas, a tendência é que procurem outro CNPJ para vestir a camisa. Dito isso, podemos listar como as principais vantagens do endomarketing:

  • aumentar a produtividade dos times;
  • estreitar laços entre equipes;
  • fortalecer a imagem da marca empregadora;
  • melhorar a qualidade de vida e o clima organizacional;
  • promover a satisfação dos colaboradores;
  • reduzir o turnover.

Como implementar o Endomarketing em uma empresa

O pilar que sustenta o endomarketing é o relacionamento. Ao promover um relacionamento saudável com os colaboradores, o retorno são os benefícios listados acima. São exemplos de ações que contribuem para chegar a esse resultado:

  • adotar uma gestão transparente;
  • investir em programas de treinamento e desenvolvimento;
  • oferecer eventos corporativos para integração e promoção de um clima leve no trabalho;
  • promover o incentivo aos feedbacks, dialogo e troca de experiências;
  • realizar gestão de benefícios flexíveis;
  • ter uma comunicação interna forte.
  • trabalhar em ações de reconhecimento e valorização do desempenho individual e coletivo.

Confira, agora, o que não pode faltar para colocar as ações em prática.

Defina os objetivos

Embora o conceito de endomarketing seja um coletivo de ações, é preciso que sejam implementadas a partir de um plano de ação. O primeiro passo é definir o objetivo.

Por exemplo, se você entende que é necessário capacitar os colaboradores, o primeiro passo é estruturar um programa de treinamento e desenvolvimento. Esse programa pode gerar recompensas descritas em um plano consistente de cargos e salários.

Essa evolução gera o reconhecimento, trabalhado em uma comunicação interna forte e estratégica. Perceba que os objetivos se entrelaçam, mas é todo um caminho a ser percorrido.

Faça uma pesquisa de clima

Os próprios colaboradores dirão a você os pontos de melhoria. Considerando o exemplo acima, onde citamos o plano de cargos e salários, talvez ele já exista e a demanda seja por melhores benefícios.

Esse investimento pode ser realizado a qualquer momento após um estudo de implementação. Por exemplo, o vale-alimentação. Se os colaboradores estão insatisfeitos com o valor, é hora de calcular a margem de aumento do benefício. Portanto, seu plano de ação para atingir os objetivos propostos deve considerar os desejos dos profissionais.

Conheça o perfil dos colaboradores

Idade, onde moram, formação, se tem filhos ou não, a idade das crianças são alguns pontos que definem o perfil dos colaboradores e contribuem para ações que promovam a satisfação interna. Por exemplo, se a maioria das pessoas tem filhos menores de 12 anos, que tal presenteá-los no Dia das Crianças?

Outra hipótese, se o número de colaboradores com ensino superior é alto, que tal oferecer pós-graduação como recompensa para futuramente ocuparem melhores cargos? Quando dados como esses se unem à criatividade da equipe de Pessoas, a tendência e que o plano de ação seja um sucesso.

Esteja de olho na concorrência

Se o turnover está alto ou a contratação de talentos difícil, é hora de olhar para o mercado e entender porque os profissionais preferem trabalhar na concorrência. A percepção de valor muda de uma pessoa para outra e nem sempre o salário é fator determinante para isso.

Sempre que possível, realize o benchmarking. Por outro lado, toda vez que uma proposta enviada for recusada, pergunte o que direcionou a escolha da pessoa. Assim como no marketing externo, o melhor termômetro para o endomarketing são os clientes. Nesse caso, os profissionais.

Como medir os resultados

Medir o resultado das estratégias de endomarketing é essencial para conhecer os impactos das ações, fortalecer o que está dando certo e mudar a rota do que está desagradando. Dessa forma, os investimentos podem ser mais bem direcionados, garantindo os resultados desejados na atração e retenção dos talentos.

A pesquisa de clima organizacional, citada acima, revela a opinião dos colaboradores sobre a estratégia em geral. Formulários com pesquisa de opinião e NPS podem ser úteis para ações específicas.

Pensando na retenção de talentos, espera uma diminuição no turnover. Caso não aconteça, não deixe de fazer entrevistas de desligamento e incluir entre as perguntas se as ações não foram o suficiente. Quando a marca empregadora estiver fortalecida, a tendência é que o volume de currículos recebidos também aumentem.

Chegamos ao final do nosso artigo sobre Endomarketing! Esperamos ter conseguido expressar tudo aquilo que a estratégia pode fazer de bom pela empresa. Quando conseguimos melhorar a imagem do negócio, há reflexos positivos em todas as equipes.

As métricas da área de Pessoas melhoram, mas os outros setores também experimentam uma mudança no comportamento de seus times. A tendência é que o relacionamento melhore, a produtividade aumente e o engajamento também!

Quer continuar a receber conteúdos como este? Siga nosso perfil nas redes sociais: Facebook, Instagram, LinkedIn e YouTube.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *