a adoção de inteligência artificial é pauta do gsys talk

Adoção de Inteligência Artificial na pauta do Gsys Talk

Inteligência Artificial (IA) está na pauta de negócios e gestão. Thiago Lima, CEO do Instituto de Formação de Tecnologia e Liderança (IFTL), trouxe a sua visão sobre a explosão de aplicações tecnológicas em todos os campos da economia e do trabalho. 

Durante uma apresentação no auditório do Totvs, em Vila Velha, na manhã de terça-feira (21/03), o especialista abordou os principais aspectos que fazem com que a adoção de novas tecnologias seja uma medida necessária e urgente. 

Após esclarecer diversos conceitos que já fazem parte do vocabulário das empresas mais inovadoras do mundo, Thiago ressaltou que este ainda é um momento propício para embarcarmos em iniciativas centradas em Inteligência Artificial (IA), chatbots, blockchain e metaverso, entre as principais.  

Segundo o especialista, é importante seguir os sinais do mercado. “O desenvolvimento dessas tecnologias não é algo recente. No entanto, o movimento de empresas como Microsoft e Google indica que entramos definitivamente em uma era de grandes transformações”, avaliou.  

Recentemente a Microsoft injetou U$ 10 bilhões na OpenAI, empresa desenvolvedora do ChatGPT.  

Debate com gestores 

Os CEOs Jaciara Pinheiro (Grupo RHOPEN) e Wallace Lovato (Globalsys) e o CTO Clayton Freire (Wine) participaram de um debate logo após a apresentação.  

Ricardo Frizera, sócio da Apex Partners e head do Folha Business conduziu a conversa e provocou os participantes a relatarem casos em que a adoção de Inteligência Artificial já está impactando suas áreas de atuação. 

Aproveitamos a reunião para perguntar aos debatedores qual deve ser a visão de gestores sobre a adoção das tecnologias de Inteligência Artificial no dia a dia.  

Como adotar novas tecnologias na sua empresa?

Ao final da conversa, perguntamos aos participantes do painel, como trazer essas novas tecnologias para dentro da empresa. Confira no vídeo:

Durante o debate, cases reais de utilização de tecnologia foram compartilhados. 

Clayton Freire, deu o exemplo da Wine, maior clube de vinhas da América Latina, que usa tecnologia preditiva para lidar com a retenção de clientes. “Além disso, estamos sempre estudando novas aplicações para transformar a experiência do cliente no contato com nossos produtos”. 

Na Globalys, Wallace Lovato incentiva a adoção de Inteligência Artificial para que seus times realizem tarefas com mais agilidade. “Recentemente, introduzimos o ChatGPT no dia a dia de alguns setores. Financeiro, Comunicação e RH já estão utilizando IA para acelerar suas atividades”.

Além disso, Lovato falou sobre as iniciativas que a Global desenvolve para superar desafios que, muitas vezes, o cliente nem sabe que tem. “Somos uma empresa de Tecnologia que dialoga com vários segmentos. Precisamos ser criativos e ter visão do negócio para mostrar o que é possível realizar e propor soluções que ainda não foram pensadas”. 

Jaciara Pinheiro, citou a evolução dos softwares de recrutamento e seleção de pessoas, mas lembrou que existem questões éticas que precisam ser observadas. “Como essas tecnologias avançam muito rápido, nossa legislação não é capaz de acompanhar o processo. Cabe a nós avaliar os parâmetros utilizados e os resultados apresentados pela Inteligência Artificial para não permitir desvios”. 

O Gsys Talk é realizado pela Globalsys com o apoio da Totvs. Esta foi a primeira de 4 edições previstas para este ano. 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *