Inbound recruit: como atrair mais candidatos qualificados?

O objetivo de todo recrutador é atrair candidatos qualificados para preencher posições em aberto. Para fazer isso com eficiência, é preciso buscar alternativas criativas para se comunicar com esses profissionais, que estão cada vez mais no controle de suas carreiras. É aí que entra a importância de investir em inbound recruit.

Você já ouviu falar nesse termo? De agora em diante, ele fará parte do dia a dia de todo profissional de RH. Para entender tudo sobre o conceito, confira este artigo até o final!

O que é inbound recruit?

Inbound recruit é uma técnica de recrutamento na qual a empresa constrói relacionamentos com potenciais candidatos muito antes de eles se aplicarem para uma vaga. Isso se dá por meio de conteúdos relevantes, contatos personalizados e identificação das necessidades desses profissionais.

São aplicadas as mesmas estratégias do inbound marketing, no qual a empresa compreende a jornada de compra do consumidor para se aproximar dele de forma orgânica. No inbound recruit acontece o mesmo, mas com foco nos talentos que buscam recolocação no mercado de trabalho.

Como usar o inbound recruit?

Para aplicar essa estratégia de forma efetiva, é necessário muito planejamento. Confira a seguir alguns passos essenciais para ter sucesso com a prática.

Crie uma estratégia de atração

No modelo tradicional, a empresa simplesmente recebe currículos, seleciona os mais adequados e descarta o restante. Já no inbound recruit, a estratégia vai muito além do processo seletivo. A jornada envolve os seguintes estágios:

  1. atração;
  2. conversão;
  3. contratação;
  4. engajamento.

Antes de tudo, a empresa divulga sua employer brand para gerar interesse nos talentos do mercado. A partir daí, é feito um trabalho de conteúdo e relacionamento para transformar esses talentos em candidatos.

No momento em que alguns deles são contratados, começa a última etapa: transformar os novos funcionários em promotores da sua marca. Assim, a imagem como empregador se fortalece e o ciclo recomeça.

Envolva os candidatos em todo o processo

Ok, é preciso criar relacionamento com os candidatos, mas de que forma isso acontece?

O primeiro passo é a captura de informações, que acontece nas redes sociais, site da empresa e plataformas de vagas. Quando, por exemplo, uma pessoa envia um currículo, seu nome, formação e e-mail são incluídos no banco de dados, o que é extremamente valioso.

A partir daí, basta nutrir o profissional com conteúdos úteis para desenvolver sua carreira e aumentar seu interesse em integrar o time. Isso é feito por meio de blog posts, e-books, webinars, e-mails etc. Educar o público é a chave para se aproximar dele de maneira natural.

Faça a conversão de maneira eficaz

Analisar métricas é a melhor forma de identificar o perfil dos candidatos e como lidar com cada um. A técnica ideal para isso é o lead scoring, que consiste em atribuir pontuações de acordo com o interesse do público no seu conteúdo. Quanto mais o candidato interage com a empresa, maior é a sua vontade de fazer parte dela.

Assim, é possível identificar dois cenários, que devem ser solucionados de formas distintas:

  • muita qualificação e muito interesse: candidato ideal para ser entrevistado neste momento;
  • pouca qualificação e muito interesse: continuar nutrindo esse candidato até que ele esteja pronto para uma entrevista, sem descartá-lo de imediato.

Quais são os benefícios desse método?

Há muitas vantagens em adotar o inbound recruit. A principal delas é a otimização das contratações. Quando a empresa já conta com uma base de candidatos interessados e prontos para se juntar à equipe, o RH investe muito menos tempo e dinheiro na busca desses talentos.

Outro grande benefício é a integração entre RH e marketing. Como o inbound recruit tem muitos pontos em comum com o inbound marketing, os dois departamentos precisam estar em constante contato, o que gera uma sinergia benéfica para ambas as partes.

Chegamos ao final do nosso guia sobre inbound recruit! Agora que você já conhece a estratégia, está pronto para aplicá-la na sua empresa. Faça um bom planejamento, crie conteúdos diferenciados e mãos à obra! Assim, você certamente terá ótimos resultados nos seus próximos processos seletivos.

Gostou deste artigo? Aproveite para se aprofundar no assunto com este outro conteúdo do blog: Como integrar os departamentos da empresa e aprimorar o RH?

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *