Grupo de pessoas em uma reunião

Marketing de recrutamento: como colocar em prática no RH?

Atrair, selecionar e reter talentos é um desafio em comum de quase todas as empresas. Com o mercado cada vez mais competitivo, a corrida fica acirrada, exigindo que as organizações invistam em estratégias para sair na frente da concorrência. É neste contexto que surge o marketing de recrutamento.

Utilizando canais e técnicas do marketing tradicional para facilitar as contratações, o instrumento facilita a vida dos recrutadores e impulsiona a imagem da empresa no mercado. Continue a leitura e saiba mais sobre o assunto.

O que é o marketing de recrutamento

Como falamos acima, o marketing de recrutamento consiste na aplicação de instrumentos como branding, publicidade e conteúdo, tradicionalmente utilizados para captação de clientes e promoção de vendas, na gestão de pessoas. O objetivo é fortalecer a imagem como marca empregadora, aprimorando a atração e retenção de talentos.

Esse conceito foi fortalecido pela popularização das redes sociais. Com o passar do tempo e evolução da tecnologia, percebeu-se a internet como instrumento para divulgação da marca. Não apenas no que diz respeito aos produtos e serviços oferecidos, mas também no papel de contratante.

Qual a sua importância

Investir no marketing de recrutamento é fundamental para melhorar a comunicação com os candidatos e aproximar a empresa do perfil ideal para suas vagas. Vender a imagem da marca empregadora de maneira positiva otimiza o processo, tornando o recrutamento mais ágil e eficiente.

Como o fit cultural é determinante para a permanência do colaborador no negócio, imprimir visão, missão e valores nas estratégias de marketing encurta o caminho até essas pessoas. A breve jornada diminui custos e promove experiências positivas para todos os envolvidos.

Como colocar o marketing de recrutamento em prática

Colocar o marketing de recrutamento em prática não é um bicho de sete cabeças. Veja atitudes simples que vão melhorar o posicionamento da marca empregadora nos canais de divulgação.

Use as redes sociais

Uma vez que o marketing de recrutamento utiliza de estratégias tradicionais, marcar presença nas redes sociais é imprescindível. O LinkedIn é espaço obrigatório para divulgar as ações voltadas aos colaboradores.

Os colaboradores também podem receber imagens para compartilhar no Instagram em caso de vagas abertas. Pense, ainda, em ações que gerem gatilhos de compartilhamento. Por exemplo, cartinhas de promoção e de feedback positivo.

Foque na cultura organizacional

Em tudo o que for fazer, imprima a marca da cultura organizacional. O design das artes deve contemplar esquema de cores, slogans e imagens adequadas aos valores do negócio. Foque no branding, revise e atualize as artes periodicamente.

Seja criativo na descrição das vagas

Sabe o clique “você atrai aquilo que transmite”? Ele é bem-vindo para o recrutamento. Foque o descritivo de suas vagas exatamente no público que deseja atrair. É importante ter perfis e personas bem definidas antes de divulgar a vaga, para que a construção do job description esteja adequada.

Ser criativo exige estudo e observação. Passeie entre empresas concorrentes, acesse o site de organizações que costumam contratar pessoas para as mesmas vagas e veja como estão se posicionando. A criatividade também pode aparecer na divulgação dos benefícios e torná-los mais atrativos.

Investir em marketing de recrutamento é um caminho seguro e vantajoso para as empresas que desejam contratar profissionais de qualidade de forma ágil. Os benefícios se refletem na forma de visibilidade da empresa como marca empregadora, processo de R&S mais eficiente e até mesmo na retenção de colaboradores. Afinal, a tendência é contratar pessoas com fit cultural.

Continue acompanhando os assuntos relevantes para a gestão de pessoas. Siga nosso perfil no Facebook, Instagram, LinkedIn e YouTube.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *