RH 5.0: fique por dentro dos benefícios dessa tendência

RH 5.0: fique por dentro dos benefícios dessa tendência

O mundo evolui. A forma como cuidamos dos colaboradores de uma empresa são influenciadas pelas mudanças da sociedade, de modelo de negócios e avanços tecnológicos. Assim chegamos ao conceito de RH 5.0.

A tendência é que o setor de recursos humanos reúna todas as mudanças vivenciadas até hoje, como a automatização de serviços burocráticos e os benefícios inovadores, e utilize em prol do bem-estar dos colaboradores. Este movimento resultou no RH 5.0.

Quer saber mais sobre o assunto, seus benefícios e como colocar em prática? Continue a leitura e saiba mais!

O que é RH 5.0?

O RH 5.0 está focado no bem-estar das pessoas, usando a tecnologia para conquistar esse objetivo. Não é novidade para ninguém que a base do RH nas empresas é constituída por um setor burocrático, que se limitava ao controle do relógio ponto, contratações, demissões e folha de pagamento. Esse é o formato tradicional.

Com o passar dos anos, a entrada de novas gerações no mercado e evolução da tecnologia e dos modelos de negócio, o departamento foi assumindo novos papéis.

Começou trabalhando na concessão de benefícios e atuando como parceiro de negócios, passou pela automatização de tarefas burocráticas com a ajuda da tecnologia e assumiu postura estratégica, utilizando os recursos humanos de forma estratégica para os resultados.

Agora, se prepara para usar a qualidade de vida a favor da produtividade. Ambientes de trabalho mais confortáveis, benefícios a favor da saúde física e mental, jornadas de trabalho flexíveis são algumas das práticas de gestão modernas, humanizadas e que se enquadram neste conceito.

Como colocar o RH 5.0 em prática?

Uma vez que o RH 5.0 trata-se de uma evolução na forma de gerenciar pessoas, é preciso desapegar de antigos conceitos para colocá-lo em prática. A flexibilidade no horário, por exemplo, é uma das ações protagonistas quando se fala em bem-estar e qualidade de vida.

Se alguns cargos, como os de atendimento ao público, precisam ser mantidos em jornada presencial e comercial, muitos outros podem ser flexibilizados. Os setores administrativos podem ser migrados para home office em alguns dias da semana ou ter o horário reduzido.

Produtividade X carga horária

Veja, nada garante que manter os colaboradores nos escritórios das 8h às 18h é garantia de produtividade. Quando podem estabelecer o próprio horário, ter liberdade para levar e buscar o filho na escola, a tendência é que fiquem mais satisfeitos. A satisfação eleva a produtividade, o engajamento e a motivação, resultando na retenção de talentos.

Treinamentos e desenvolvimento

Para isso, as equipes devem se apoiar em treinamentos e desenvolvimento que aprimorem suas habilidades comportamentais e a gestão do tempo. Lideranças também devem ser desenvolvidas para orquestrar esse movimento.

Tecnologia

O bem-estar também está relacionado à tecnologia. A adoção de ferramentas que otimizam a rotina e simplificam processos repetitivos e operacionais permitem que os colaboradores atuem de forma estratégica, de acordo com suas competências técnicas, comportamentais e seus talentos.

Saúde física e mental

Paralelo a tudo isso, o investimento em saúde física e mental, como plataformas de saúde e psicologia, engrossam os cuidados. Cartões corporativos de multibenefícios para os colaboradores terem um plus financeiro e invistam onde mais precisam fazem parte das mudanças proporcionadas pelo RH 5.0.

Quais os benefícios do RH 5.0?

Uma vez que o RH 5.0 está focado na humanização da administração de pessoal por meio do investimento no bem-estar do colaborador, você já deve imaginar os benefícios agregados. Vamos reforçar essa ideia listando as principais vantagens para os negócios.

Retenção de talentos

A retenção de talentos é sinônimo de economia com a folha de pagamento, melhorias na imagem da marca empregadora e diminuição no tempo de recrutamento e seleção. Ao tornar-se referência no mercado como empresa humanizada, a tendência é que os profissionais queiram fazer parte dos times, facilitando os processos de R&S.

Grande parte das vagas em aberto passam a ser por aumento de quadro e não substituição. Isso porque haverá uma diminuição nos desligamentos, já que a empresa está investindo em qualidade de vida. Não será preciso buscá-la na concorrência.

Melhores resultados

O atendimento aos clientes da sua empresa, a performance nos processos e projetos, são reflexos do que é oferecido aos colaboradores. Um time satisfeito tende a construir um bom relacionamento com a clientela, se tornando defensor do negócio e embaixador da marca.

Isso acontece quando existe a valorização do seu trabalho. Os investimentos em treinamento e desenvolvimento, benefícios concedidos e o clima de trabalho ameno fazem com que o colaborador se sinta valorizado e reconhecido. Com isso, torna-se mais comprometido com o trabalho, elevando os resultados.

Engajamento

Engajamento pode ser conceituado como o envolvimento entre o colaborador e a empresa, a partir do alinhamento entre cultura organizacional e o bem-estar da equipe. Sendo assim, podemos dizer que o engajamento é a base do RH 5.0.

Este desponta como um dos benefícios quando pensamos nos caminhos que levam os times a se engajarem ao propósito empresarial. A adoção de tecnologias que otimizam o trabalho mostra que a organização acredita nas competências e no talento do colaborador.

Essa valorização motiva seu trabalho, promovendo o engajamento com a marca empregadora e com as atividades desempenhadas.

Quais os desafios do RH 5.0?

Para colocar o RH 5.0 em prática é necessário haver uma mudança na mentalidade da alta gestão, das lideranças e dos colaboradores das gerações anteriores. Profissionais de gestão de pessoas tendem a encontrar essa barreira nas empresas, especialmente quando propõe mudar algo tão enraizado como a jornada de trabalho cumprida no escritório, das 8h às 18h.

É verdade que já existe uma grande evolução nesse quesito. Há alguns anos, parecia impossível fechar os escritórios aos sábados ou permitir que as pessoas fizessem home office em caso de necessidade. Essa flexibilidade existe em muitos negócios, especialmente após a pandemia.

O difícil é dar o próximo passo e transformar essas questões em uma política empresarial. A mudança é complexa e mexe com a cultura da organização, o que exige tempo, delicadeza e estratégia nas tratativas.

Seja qual for o seu objetivo empresarial, seja aumentar a produtividade, a agilidade, a sincronia ou alcançar resultados excepcionais, desvendar os segredos do sucesso começa com um entendimento preciso da sua organização. Apresentamos a você o Manual do Diagnóstico Organizacional, a chave para transformar a gestão de Recursos Humanos e impulsionar sua empresa rumo ao sucesso. Baixe agora!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *