cátia horsts e mauro pereira durante a participação da rhopen na intermodal

RHOPEN na Intermodal: o RH como [estratégia central] na Logística 

A Intermodal South America é o maior e mais completo evento das Américas para o setor de transporte de carga, logística, intralogística e comércio exterior. 

Entre os dias 28 de fevereiro e 2 da março, o São Paulo Expo foi o principal ponto de encontro para as mais importantes empresas de toda a cadeia de valor. Tudo é grande na Intermodal. 

Estamos falando de 500 marcas expositoras, entre operadores logísticos, companhias marítimas, aéreas e dos modais rodoviário e ferroviário, equipamentos de movimentação de carga e soluções de tecnologia para gestão logística em portos, aeroportos e centros de distribuição e logtechs.

RHOPEN na Intermodal

A Intermodal abriga também dois grandes eventos de conteúdo, que exploram temáticas relacionadas à infraestrutura e ao transporte de carga nacional e internacional, logística, intralogística, inovações em equipamentos, tecnologia para gestão e movimentação de carga: Congresso Intermodal South America; e a Conferência Nacional de Logística (CNL), realizada pela Associação Brasileira de Logística (Abralog). 

Cátia Horsts, CEO da RHOPEN Consultoria, participou desta edição da CNL como palestrante e expôs os principais desafios, atuais e futuros, das áreas de Recursos Humanos e Gestão de Pessoas relacionados ao setor de logística. 

Para ela, os últimos 5 anos representam um marco para a logística mundial. “A pandemia provocou alterações drásticas de comportamento, impulsionou a adoção de tecnologia em toda a cadeia e obrigou o setor a se adaptar a uma nova realidade em um espaço bem curto de tempo. Temos consciência de que a Gestão de Pessoas está inserida neste contexto. Ouso dizer que os maiores desafios que essa indústria enfrenta hoje, estão relacionados a Pessoas”. 

De fato, uma pesquisa realizada pela Randstad revelou que 600 mil postos de trabalho serão criados nos EUA apenas para o setor de logística até 2025. O gestor da RHOPEN Consultoria em Alphaville (SP), e especialista no segmento, Mauro Henrique Pereira, acrescenta que devemos ir muito além do e-commerce ao falar dos desafios para essa indústria. “Existe toda uma cadeia de operações logísticas B2B que fazem parte desse grande ecossistema de negócios, e que são diretamente impactados por essas transformações. Afinal, Logística, como prestação de serviços é, na essência, realizada por Pessoas”.

Gestão de escalas de trabalho: 7 boas práticas para adotar na empresa

Segundo o diretor do portfólio de Infraestrutura da Informa Markets Brasil, promotora e organizadora da Intermodal, Hermano Pinto Jr, esta edição do evento contou com a presença de expositores que participam literalmente de toda a dinâmica de supply chain. Operadores logísticos, companhias marítimas, aéreas e do modal rodoviário, equipamentos de movimentação de carga e soluções de tecnologia para gestão logística em portos, aeroportos e centros de distribuição, logtechs, entre muitas outras empresas. Cada modal esteve representado. 

“Apenas em portos, por exemplo, o evento terá a participação de trinta portos brasileiros e de portos internacionais, de países como Alemanha, Bélgica, Espanha, Estados Unidos e Portugal, de terminais portuários reconhecidos e de empresas de movimentação de cargas/equipamentos, apoio marítimo, de serviços e de tecnologia portuária”, conclui Hermano. 

Uma indústria grandiosa tem desafios grandiosos e requer soluções igualmente grandiosas. Ter as Pessoas no centro da estratégia fará toda a diferença para o negócio de Logística.

Neste ano teremos um calendário bem animado de participação em grandes eventos. Assine a nossa newsletter para acompanhar as nossas missões nos principais eventos voltados a negócios e Gestão de Pessoas do Brasil.

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *