RHOPEN realiza projeto de mentoria de executivos para a Coocafe

RHOPEN realiza projeto de mentoria de executivos para a Coocafe

Foi realizado hoje (09) o encontro presencial dos diretores da Coocafe (Cooperativa dos Cafeicultores da Região de Lajinha) participantes do projeto de mentoria de executivos. A reunião visa consolidar pontos trabalhados individualmente com os cinco gestores ao longo de oito sessões. 

Ao todo, o projeto de mentoria de executivo terá doze sessões, e tem por objetivo profissionalizar a gestão.

Durante o processo, os líderes são munidos de ferramentas, conhecimento e oportunidades necessárias para se desenvolverem e se tornarem mais efetivos e eficazes.

Processo de avaliação e identificação de fatores

De acordo com Maria Helena Magalhães, Coach, Palestrante e Consultora Sênior da RHOPEN, este momento com os participantes serviu para mapear oportunidades que a instituição tem para otimização de performance.

Foram usadas três ferramentas de autoconhecimento durante o processo de mentoria. Elas provocaram os diretores a refletirem sobre:

  • Quem são?
  • Por serem assim, o que fazem?
  • Qual a motivação para serem assim?

Uma delas foi o assessment MBC (Modelo Bidimensional de Comportamento), aplicado para diagnóstico de perfil comportamental.

Também foi realizado um exame da cultura, para identificar os ambientes mais frequentes da organização e o pensamento coletivo que vigora na instituição; e, por fim, uma análise dos sabotadores, para reconhecer crenças mentais limitadoras para a mudança de comportamento.

Autoconhecimento para melhorar a gestão

A Coocafe é uma importante cooperativa de cafeicultores da região de Lajinha – MG. Fundada em 1979, reúne mais de 10.000 cooperados, a maioria micro e pequenos produtores, e tem 450 colaboradores.

Segundo o Presidente da Coocafe, Fernando Cerqueira, a cooperativa está em evolução e a mentoria traz a oportunidade de repensar a gestão e a administração, começando por uma autoavaliação e a reflexão sobre o eu e o coletivo.

Estamos participando em cinco pessoas, e já nos percebemos mais objetivos nas reuniões. Isso melhora a qualidade do que fazemos e das nossas decisões. Conhecendo nossos pontos fortes e fracos, podemos trabalhar melhor a gestão”.

Já Luciano Fonseca, Superintendente Administrativo e Financeiro da Coocafe, destaca o impacto no coletivo na formação de uma gestão mais coesa.

Percebemos que o desenvolvimento individual é importante para agregar mais a nossa cooperativa. A mentoria tem nos provocado a ter mais vontade de implementar, de produzirmos e de sermos profissionais diferentes, e de lidar com as pessoas de um jeito mais atraente, profissional, positivo e produtivo”, afirma.

Segundo ele, o conhecimento está sendo aplicado, inclusive, no planejamento estratégico para 2024/2026. “Já conseguimos fazer reuniões mais produtivas, com entendimentos melhores e estamos passando isso para a equipe de uma forma mais compreensível”, conclui.

Para Waldir Francese, Superintendente Técnico Comercial da Coocafe, o processo da mentoria tem resultados práticos.

A cada sessão você destaca um ponto de evolução. E, a partir deste momento, passa a agir de forma mais assertiva com os colaboradores, com a equipe e, principalmente, tendo uma relação mais humana. Vemos o progresso a cada sessão, como pessoa e profissional”, aprecia.

A RHOPEN Consultoria

A RHOPEN é uma consultoria full service de Recursos Humanos especializada em soluções com pessoas. 

Utilizamos ferramentas modernas e eficientes no desenvolvimento das organizações. Os nossos serviços agregam valor tanto às empresas quanto aos profissionais que fazem diferença no mercado de trabalho. 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *