imagem ilustra sentimento postivo e negativo em alusão à saúde no trabalho

Saúde no trabalho é uma prioridade neste momento

A pandemia do novo coronavirus expôs um grave problema enfrentado, e às vezes negligenciado, por muitas empresas: a saúde no trabalho. As mudanças repentinas na vida profissional e pessoal geraram diversas consequências na saúde mental dos colaboradores.

Gestores de empresas e de Recursos Humanos se veêm diante de um grande desafio: gerir a saúde das equipes remotamente e promover o bem estar físico, mental, social e financeiro dos seus funcionários.

Uma pesquisa realizada em Londres pela Benenden Health – empresa britânica de Seguros na área da Saúde – identificou que mais de 1/3 dos profissionais entrevistados declarou impacto negativo na sua sáude mental por conta da pandemia. Boa parte dos profissionais que declarou ter sido afetada negativamente, disse, também, que essa é a primeira vez que enfrenta problemas de saúde mental.

Este dado é relevante e merece ainda mais cuidados. Muitas vezes, pessoas que não têm histórico de problemas com a saúde mental podem apresentar dificuldades em identificar, compreender e tratar a questão. Nestes casos, o desconforto pode evoluir para problemas psicológicos mais graves e duradouros. A pesquisa identificou que 1 a cada 10 profissionais está enfrentando problemas de saúde mental pela primeira vez.

Saúde no Trabalho e Família

O resultado da pesquisa demonstrou ainda que mais da metade dos profissionais que acusaram problemas de saúde mental relatou dificuldades em gerir o trabalho em casa juntamente com a criação dos filhos. Entre os 58% deste grupo, 33,59% declararam que não conseguem atingir índices esperados de produtividade. Por outro lado 33,98% sentem-se frustrados por não conseguirem exercer a criação dos filhos da maneira julgam mais adequada.

Outro fato alarmante é que 1 em cada 10 profissionais entre os 58% que declaram este impacto negativo, afirmou que os gestores parecem não compreender a realidade que eles estão enfrentando o em casa.

Colaboradores precisam de suporte

Mais de 1/3 dos colaboradores entrevistados também apontou que precisam de mais suporte por parte dos empregadores. Segundo a pesquisa, este suporte poderia vir com a certeza de que seus empregos estariam a salvo (22.04%), promoção do suporte ao bem estar e à saúde mental (8,19%) e com os gestores sendo mais compreensíveis em relação ao equilíbrio entre trabalho e criação dos filhos.

Para oferecer ajuda neste sentido, a RHOPEN Consultoria desenvolveu uma série de ebooks voltados  a quatro áreas da saúde – alimentar, relações, mental e física. O material é gratuito. Baixe agora e compartilhe com o seu time.

Como ajudar os colaboradores?

Ao final, a pesquisa realizada pela empresa britânica aponta alguns caminhos. Se você está procurando maneiras de dar suporte aos colaboradores durante e crise e manter o bem estar e a saúde no trabalho em alta, atenção aos tópicos a seguir:

Ofereça segurança

Sabemos que os tempos são difíceis e incertos. Mas se você tem condições de garantir estabilidade de emprego para os seus colaboradores, faça com que eles saibam disso.

Comunicação aberta

Não permita que seus funcionários se sintam desconectados e navegando à deriva. Mantenha todo mundo conectado e promova a participação e a liberdade para a exposição de qualquer desconforto.

Compromisso com o bem estar

Reforce o compromisso dos líderes e gerentes com o bem estar do time. Todos devem estar atentos a sinais de cansaço e estresse que indiquem desconforto mental ou ansiedade, por exemplo.

Suporte psicológico

Ofereça um canal sigiloso e discreto para que os colaboradores tenham acesso direto a profissionais da área de Saúde Mental. Este suporte neste momento é importante para que o impacto de agora não gere problemas psicológicos mais duradouros.

Mente aberta

Para manter a saúde no trabalho, o bem estar emocional e a produtividade em alta, os gestores precisam estar atentos e com a mente aberta para problemas de realidades diferentes. É importante respeitar as particularidades de cada colaborador.

Ofereça Flexibilidade

Quando possível, oferecer horários flexíveis de trabalho é uma medida ainda mais relevante neste momento. É importante para o colaborador poder definir os melhores horários de atividade diante do contexto com as tarefas do lar e as obrigações com a família.

Promova o equilíbrio

Neste momento a saúde no trabalho depende fundamentalmente do equilíbrio entre a vida pessoal e profissional. Sendo assim, na situação de trabalho remoto, a desconexão mental e psicológica com o trabalho tornou-se ainda mais difícil.

Todos estamos passando por uma situação nova e sem prescendentes no mundo moderno. Portanto, para saírmos enriquecidos da experiência, é importante que cada um de nós aceite que apesar de sermos imperfeitos e carregarmos nossas particulareidades, somos capazes de nos ajudar uns aos outros e colaborar em rede.

Projeto Reconect& e a Saúde no Trabalho

Se você quer saber como anda o sentimento da sua equipe em relação às consequências da Pandemia, participe do Projeto Reconect&. Uma iniciativa gratuita que já mapeou mais de 26 mil colaboradores de mais de 50 empresas. Acesse agora e faça o seu cadastro para aplicar a pesquisa e obter os resultados.

banner do projeto reconecte convidando o leitor para acessar a pesquisa grauitamente

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *